Consiga seu primeiro emprego de dev com 3 dicas para o seu CV ou Linkedin!

Você já se perguntou por que tantos devs têm perfis badalados no LinkedIn e também já quis ter um assim? Ter ofertas de recrutadores em sua Inbox em um sábado de manhã e ainda poder escolher pela que mais lhe atrai e tem mais benefícios?

Embora não sejam tão secretos assim, os métodos que eu vou ensinar aqui vão fazer você ter uma rede de contatos de alta qualidade e que possa lhe impulsionar para o seu primeiro job ou vaga de emprego em tech.

O conteúdo de seu perfil não deve ser fixo (assim como seu currículo também não deve)!

A maior falácia que todos falam a você é: você deve fazer UM currículo e mandar para as vagas que você mais se sentiu interessado, mas a maior verdade é que: Você pode aumentar muito a sua chance de conseguir uma vaga se você tiver um perfil otimizado para ela.

Vejamos um exemplo: Existe uma vaga para desenvolvedor Python que deve saber os frameworks X, Y, Z e W e ter conhecimentos de BackEnd e Machine Learning.

A primeira reação de uma pessoa que não tem todo os “requisitos”que o RH impôs seria: não vou nem tentar aplicar, não tenho esse know-how suficiente para poder entrar nesta empresa.

Achou errado!

Embora você não tenha os requisitos, mas tenha a vontade de aprender e tenha algo próximo a área de atuação da vaga, você pode aplicar sem nenhum problema, afinal, o RH quem filtra os candidatos e não você.

Para você aumentar as chances dessa vaga você deve:

  • Trocar as descrições das vagas que você previamente trabalhou para algo mais próximo do que o que você vai fazer hoje. NÃO MINTA, isso é errado e antiético, mas aproximar a descrição de: desenvolvimento de softwares desktop Python para desenvolvimento em Python de Softwares ou coisas mais genéricas que podem te dar uma chance na vaga, ajudam muito!
  • O quanto mais coisas em comum com a sua vaga, melhor! Tire descrições de vagas de emprego e de experiências prévias que não te ajudam a chegar onde quer. Ao fazer isso, você prova que trabalhou nessas empresas e que fez algo importante lá, mas não relevante para o que deve ser exercido nesta última empresa.
  • Caso você não tenha experiência prévia ou tenha pouca experiência comprovável, deixe repositórios open source que você colaborou. Ao provar sua aptidão para codificar, você demonstra que pode trabalhar com código, em ambientes colaborativos e discutir aspectos técnicos.

Fotos de perfil: como escolhe-las?

Na verdade, esse tópico é mais uma dica que é útil, e não necessariamente será levada em conta (pelo menos não no currículo, afinal quem manda currículo com foto?).

Fotos que mostrem você em eventos da comunidade de tecnologia, palestrando ou dando algum curso podem te ajudar muito a se divulgar nos meios de contratação.

Como dica para foto de capa do LinkedIn, eu recomendo deixar a sua foto palestrando/dando aula/apresentando algo, assim mostra que você tem a capacidade de se comunicar bem com o público.

E como foto de perfil, recomendo deixar uma foto que evidencie seu rosto de maneira bem clara. Uma dos ombros para cima resolve bem este problema.

E agora vamos falar delas, as coisas que mais ajudam em seu LinkedIn: as recomendações!

Recomendações no Linkedin ajudam!

Pode parecer besteira, mas ter recomendações no LinkedIn faz com que seu perfil salte aos olhos de diversos recrutadores de grandes empresas.

A prova social é algo que faz com que as pessoas tenham como confiar mais facilmente em você e te coloca na frente de diversos currículos, pois existem pessoas que confiam em seu trabalho!

Então, para que você consiga ter o maior sucesso, peça recomendações para pessoas que trabalham contigo, para pessoas que estudaram com você, pessoas que já fizeram projetos contigo. Elas podem agregar muito em seu currículo e LinkedIn além de lembrarem de você caso tenham alguma nova oportunidade de trabalho nas empresas que eles estão.

Nosso bônus secreto!

Nós sabemos o quão complicado é colocar em prática essas idéias fora do papel e queremos te ajudar com isso! Para isto, estamos montando nossa newsletter de bate papo sobre dicas e desafios do mercado de trabalho tech!

Se inscreva abaixo:

Fique ligado nas novidades da RecrutaDev

Se inscreva e receba as novidades do mundo de RH para desenvolvedores.

Please wait...

Obrigado por se inscrever!

Autor: Vinicius Mesel

Ex-desenvolvedor de sistemas para bancos de investimentos. Trabalhou com mesas de investimentos e áreas de atendimento a grandes riquezas automatizando processos com Python. Também atuou como pesquisador de bioinformática no Instituto Butantan e hoje é CEO da RecrutaDev.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *